terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Brufe

Uma das mais agradáveis surpresas destas férias. Não estava no programa e descobrimos esta pequena vila por mero acaso, ao seguir a seta do restaurante  O Abocanhado - o restaurante que me faria ir todos os dias ao Gerês até ter experimentado todos os pratos da lista.

Esta pequena vila, perdida, esquecida na paz dos seus poucos habitantes é simplesmente deliciosa. 

Mais delicioso que o pequeno encanto da vila foi ver o Diogo correr ao lado de uma folha seca que metemos num pequeno percurso de água feito pelo homem e que atravessa a vila.










6 de Dezembro de 2015

Sem comentários:

Enviar um comentário