domingo, 21 de agosto de 2016

Ilha da Armona 2016

Este ano elegemos mais uma vez à fantástica Ilha da Armona para as férias grandes de Verão. A calma, a ausência de qualquer tipo de poluição é o preço de amigo da estadia nada luxuosa foram o conjunto responsável por esta pção.

Quando chegamos ficamos desiludidos com a quantidade de algas que nos impediam de tomar banho na costa e que é a praia mais perto de onde nos encontrávamos mas rapidamente confirmamos a situação indo para a praia dos barcos, no outro lado da ilha e onde o Diogo adorou estar porque tinha muitas crianças e água era rasteirinha por alguns metros o que lhe permitia entrar, estar e sair sem medo ou ajuda.

Mais uma vez o Diogo deu um bocadinho nas vistas e não foi só pela sua teimosia, pelo seu " finca pé" e pelos seus lindos olhos mas também muito pela sua educação e simpatia - o Diogo metia conversa, brincadeira e cumprimentava com uns alegres bons dias, as meninas e meninos mais velhos chegavam a chamar por ele quando o viam ou vinham cumprimenta-lo.

E as nossas férias foram assim com churrascos, banhos na costa quando a maré estava vazia, nos barcos com ela cheia e muitas sonecas.




















sexta-feira, 6 de maio de 2016

Já Na Praia???

Agora que a chuva e o frio estão de volta recordo o 1º dia de praia deste ano do Diogo. Sim ele foi á praia, despiu-se e brincou dentro de água enquanto nós vestidinhos nem pensávamos nisso.






Dia 3 de Março de 2016

Palácio Monserrat e o Lobo Mau

O Palácio foi mandado construir para Sir Francis Cook e sua família passarem o Verão, em 1855.

Cook era um comerciante muito rico e coleccionador de arte, após viajar pela Europa e Médio Oriente foi trabalhar para a firma do pai que comercializava produtos de lã, linho, algodão e seda e quando assumiu a dirrecção tounou-se um dos 3 homens mais ricos da Grã-Bretanha.

Foi com estes poucos conhecimentos históricos que fomos á procura do lobo mau. O Diogo não se calava com o lobo mau, só queria livros com o lobo mau e como ele estava ligeiramente mal disposto arranjei esta desculpa que lhe alterou logo a predisposição para implicar com os pais, o divertiu e cansou.

Ir ao Parques de Sintra - Monte da Lua sempre foi muito agradável e com a vantagem de que como residentes a entrada é gratuita ao Domingo. Cada vez que lá vou vejo sempre coisas diferentes e não devo ser só a pensar assim porque ele entretém-se imenso. 

A Natureza sempre foi mágica para as crianças e com o sem Lobo Mau faz sempre milagres.